Notícias

30/10/2018 08:11

Mais de 800 pessoas participaram da IV Caminhada de combate ao câncer de mama e próstata e atenção às vítimas de violência sexual

A ação foi realizada pelo Corpo de Bombeiros Militar da Bahia e teve como finalidade alertar homens e mulheres sobre os cuidados com a saúde

Palestras com esclarecimentos de dúvidas, massoterapia, espaço infantil, verificação de pressão arterial e glicemia, além de muita zumba e fit dance. Essa foi a recepção para os mais de 800 participantes da IV Caminhada em alusão ao Outubro Rosa e ao Novembro Azul, além da atenção às vítimas de violência sexual, através do Projeto Viver. A atividade foi realizada pelo 13° Grupamento de Bombeiro Militar (13°GBM/GMAR).

"Trabalhamos para salvar vidas, e essa caminhada faz parte dos nossos projetos sociais, sempre alertando a sociedade sobre a importância da prevenção e dos cuidados com a saúde, para homens e mulheres", ressaltou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, coronel BM, Francisco Telles. 

A comandante do GMAR, major BM Ana Fausta, também destacou a importância da caminhada. "Qualidade de vida melhora a saúde, e é isso que queremos levar não apenas para o nosso efetivo, mas para toda a população", destacou.

Um mini trio elétrico com músicas que relembram carnavais dos anos 1980, também seguiu todo o percurso de três quilômetros, animando não apenas que caminhava, mas quem passava pela Avenida Octávio Mangabeira, entre Piatã e Itapuã.

"É a primeira vez que venho e estou achando tudo maravilhoso, muito bem organizado e animado. O ano que vem estou aqui de novo", enfatizou a dona-de-casa, Solange Borges enquanto andava com as amigas  Márcia Conceição e Francilene Santana. 

Quando o grupo concluiu a caminhada recebeu o tradicional banho de mangueira, refrescando adultos e crianças. Uma banda formada por militares, também recepcionou o retorno dos participantes.

A caminhada contou com o apoio da Secretaria de Politicas para Mulheres (SPM), além de empresas privadas.



Fonte: CBMBA / ACS

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.